Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Universidade UNG é destaque no número de docentes com bolsas PQ

Assessoria de Comunicação Por: Karla Oliveira 15/02/2017 - 15:11 - Atualizado em: 15/02/2017 - 16:11
A bolsa em produtividade em pesquisa é destinada aos docentes vinculados ao ensino superio

A Universidade UNG ganhou destaque com o número de docentes que possuem bolsa PQ entre instituições de ensino superior privadas. A bolsa em produtividade em pesquisa é destinada aos docentes vinculados ao ensino superior de universidades federais, estaduais e particulares. Os critérios básicos para a concessão das bolsas são o desempenho do pesquisador no quinquênio anterior, formação de recursos humanos, contribuição para a inovação, coordenação ou participação em projetos de pesquisa, participação em atividades editoriais e de gestão científica. Atualmente, seis professores da instituição são beneficiados pelo programa. 

 

Basicamente, o professor/pesquisador é avaliado pela qualidade da produção científica e tecnológica de acordo com critérios internacionais. “A Bolsa PQ é um reconhecimento do pesquisador baseado exclusivamente na meritocracia”, esclareceu Marcelo de Faveri, Professor Adjunto IV - Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNG.

 

O benefício é renovado a cada três anos. Na Universidade UNG, os professores contemplados com a bolsa PQ são os doutores Magda Feres, Luciene Cristina de Figueiredo, Marcelo de Faveri, Poliana Mendes Duarte, Jose Augusto Rodrigues e Jamil Awad Shibli.

No cenário nacional, a Odontologia tem 207 pesquisadores com bolsa PQ, pertencentes a 43 instituições de ensino e pesquisa. A maior parte destas bolsas está concentrada em universidades federais (53 bolsas) e nas estaduais paulistas (120 bolsas), sendo que 34 delas estão distribuídas em outras instituições de ensino, incluindo particulares. Neste aspecto, a Universidade UNG é destaque, já que aproximadamente 20% destas bolsas estão concentradas no programa de pós-graduação em Odontologia.

"As bolsas PQ são frutos do mérito acadêmico do nosso grupo de pesquisadores e do apoio e comprometimento da  Universidade UNG com o desenvolvimento das pesquisas científicas. É uma satisfação ver o resultado de anos de trabalho empenhados refletidos em reconhecimento. Nosso maior compromisso é produzir dados científicos capazes de contribuir com a sociedade”, declarou Faveri.

 

Comentários